Encartoon 18 (Parte 1)

5 dias, 3 mil km, isso se resume em: Encartoon18.

Este foi o primeiro ano em que eu consegui participar de um dos maiores eventos do Paraguai, graças aos amigos da INP Garage pelo companheirismo e carona. O convite tinha sido feito há muito tempo, com sobra para programação e tudo mais, então eu não tinha desculpas!

Bem, a minha trip começou de Indaiatuba para São Paulo até a garagem da INP, pela quinta-feira de manhã. Chegando lá, pude ver belos VW de extremo bom gosto – como de costume da turma da INP. Os carros que pegariam a estrada já estavam nos ajustes finais, e eu? Com a câmera sacada registrando a movimentação da galera, quase prontos para cair na longa estrada.

Começando a viagem, já fui tirando umas fotos do comboio INP (Mk3 GLX do Expedito, Mk7 GTi do Gigi e Tiguan R-Line do Leandro, vulgo Alemão) rumo ao nosso cobiçado passeio, até Encarnación.

A viagem até Ciudad del Este – PY, rendeu boas 15 horas de viagem e aquele cansaço previsto. Hora de descansar porque no dia seguinte, mais estrada Paraguai adentro.

Na Sexta à tarde seguimos sentido o Sudoeste do Paraguai, para Encarnación. Alguns km antes de chegar à cidade, paramos para visitar o amigo Pablo M. Baéz, gerente da Enrique SRL – oficina especializada herdada do pai.

Lá eu comecei a perceber que realmente estava no Paraguai – o intuito da viagem, lógico, que era ver os JDM fod* e os Golfs das primeiras gerações.
Num cômodo menor da oficina estava o Mk1 GTI vermelho do Walter D. Giménez, idealizador e organizador do Encartoon. Confesso que achei que veria o Mk1 do Walter pronto no evento, mas mesmo assim pude ver o carro pintado e prestes a receber as peças, que claro, fiz o registro.
Ainda dentro da oficina, numa área maior externa, vi Supra, mais Mk1, Mk2, T3 pick up e um Toyota AE86.

Não estamos acostumados ver essa mescla de carros todo dia embaixo do mesmo teto, né!?

Chegando a Encarnación na noite de sexta, começamos a sentir o que era o “esquenta” do Encartoon. Aquele visual praiano, carros baixos estacionados próximo a Costanera, as calçadas ao entorno do hotel tomadas de carros e tudo mais. Ficamos até tarde ali em frente ao hotel, apreciando o movimento e cultivando o convívio com os Paraguaios.

No dia seguinte, as cicatrizes no asfalto entregavam que a bagunça da noite anterior foi boa. Um rolêzinho pela Avenida no sábado de manhã me rendeu boas fotos com aquele visual dahora, pique litorâneo. Manjam o evento H2Oi de Ocean City? Estava tipo aquilo, só que era Encanación, meus amigos!

Manhã agradável, seguimos para um ligeiro rango e depois lavar os carros, já que o evento começava às 17h. Carros devidamente limpos, bora pro evento.

Chegando à margem da Costanera que divide o Paraguai da Argentina e é onde rola o evento, aquela aceleradinha de leve no coração ao ver a fila. O sorriso do Expedito evidenciava a vibe e a realização do sonho dele estar lá pela primeira vez com o seu carro. (O bordão da viagem foi sua frase: “Estão deixando os meninos sonhar...”)

Lá o sol parece que caía mais rápido (risos), então eu decidi acelerar o passo andando aleatoriamente enquanto procurava as jóias espalhadas por toda parte do estacionamento. O visual? Cinematográfico. A estrutura do evento era animal! Na noite eu percebi que era uma balada automotiva, onde os carros eram apenas a parte secundária da festa. Sorrisos, luzes e amigos. Assim resumo a noite de Sábado do Encartoon18.

Essa é a primeira parte do evento, o Domingo (09/12) fica pra uma segunda parte, aqui mesmo no site!
Salva aí nos favoritos e compartilha com os brothers.

 Apreciem as fotos!